Carlos Roberto -  CRS Palestrante

A vida,  os sentimentos e impressões em prosa e verso

Textos


OSTRA FELIZ NÃO FAZ PÉROLA

Há pouco tempo recebi um E-mail cujo título era “Nunca julgue um livro pela capa” e o conteúdo era um vídeo no qual um vendedor de celulares se apresenta para os jurados do programa “American idol” e diz que vai cantar ópera e um dos jurados olha para o rapaz com o maior desprezo, porém, quando começa o “play-back” e o jovem solta sua voz naquele ambiente, tudo se transforma e ao final o jurado se desculpou pois não sabia que seria surpreendido.

Ainda que alertado para não julgar um livro pela capa, outro dia não me contive. Era véspera do dia das crianças e estava com minha família no Aeroporto de Cumbica, aguardando a chegada do meu filho, quando resolvi comprar um presente para meu netinho Leonardo que estava em nossa companhia.

Entrei na loja que fica próxima ao saguão do desembarque doméstico e enquanto ele olhava algo que o interessasse, eu deitei meus olhos num livro e o seu título me aguçou a curiosidade e daí para a compra foi algo instantâneo. O livro é do escritor Rubem Alves, campineiro que se define como um contador de histórias.

“Ostra feliz não faz pérola” é o nome do livro. Trata-se do título do primeiro texto que aparece no livro. Ler a orelha já nos dá um prazer enorme. Rubem Alvez diz que “as idéias aparecem quando querem e não quando nós queremos. São como pássaros que repentinamente se assentam no ombro da gente sem que os tivéssemos chamado.”

Prossegue o autor dizendo que essas idéias chegavam tão velozes e ele ia anotando com o pensamento de transformar esses pássaros em textos, porém, se enganou e o livro saiu sem princípio, sem meio e sem fim. Mas essa babilônia é apenas aparente pois os textos estão inseridos dentro de temas pensados e organizados metodicamente pelo autor, abordando inúmeros assuntos.

Não vou fazer uma sinopse do livro, mas seria o maior egoísta em deixar de compartilhar essa “pérola” que me chegou às mãos por R$ 29,90. Muitos criticam o preço do livro, porém, avaliam somente o custo do papel, da tinta, mas deixam de avaliar que o conteúdo é o compartilhamento de experiências vividas por alguém e que enriquecem nosso espírito. Quanto custa o prazer de uma boa leitura? Isso, como diz a propaganda do cartão de crédito, não tem preço.

Se ficasse somente com a capa do livro já estaria no lucro, mas o livro é maravilhoso pelas idéias, pela facilidade da comunicação e pela riqueza intelectual de seu autor.

Sobre o  conto "Ostra Feliz não faz Pérola", falarei em outra oportunidade.

O livro é da Editora Planeta e foi lançado em 2008.


Carlos Souza
Enviado por Carlos Souza em 31/12/2008
Alterado em 08/01/2009


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras